Escrever todos os dias traz 11 benefícios pra sua vida

Foi na tarde de 31 de dezembro de 2013, ao escrever num pequeno bloco de papel, antes de celebrar o final daquele ano com minha família, que eu comecei a criar a oportunidade de ter a vida que eu queria, longe da ansiedade, e perto do que me dava mais prazer de realizar.

Naquele ano, eu tinha tomado providências para que minha situação profissional mudasse. Passei a sentir que estava cumprindo meu papel no mundo, e não gastando mais da metade do dia numa ocupação sem sentido pra minha carreira.

Dali nasceu meu blog, meus e-books, meu trabalho como coach, meus vídeos no Youtube, todo o aprendizado que absorvi, novos amigos e parceiros, novos mestres, minhas palestras, e prossegue agora com este artigo que você está lendo.

Você pode dizer, “o que eu faço hoje não tem nada a ver com escrever… Que bem isso de escrever todo dia pode me trazer?”

Essa dúvida impede muita gente de começar. Simplesmente pegar uma folha de papel e uma caneta, e escrever.

escrever2

Mas…

Não importa O QUE você vai escrever: se é um parágrafo, diário, poema, artigo de 500 palavras, 5.000 palavras, ou algumas páginas pro seu livro.

Não importa ONDE você escreve: se é num bloquinho, caderno, agenda, programa de computador, ou app de smartphone; se é em casa, no escritório, na cafeteria da esquina ou no banco da praça.

Não importa QUANDO você escreve: se você acorda às cinco da manhã pra ter o silêncio da casa pra se concentrar melhor, na hora do almoço no trabalho, no ônibus na volta pra casa, ou no caderninho antes de ir pra cama.

O que importa é escrever um pouco todos os dias, sobre qualquer tema que te motive, onde você se sentir mais à vontade pra isso, dentro do seu limite, tentando sempre estendê-lo um pouco, e quando você tiver alguns minutos para se dedicar a isso.

Resuma como foi o seu dia em algumas linhas num caderno, antes de dormir, por exemplo. Experimente fazer isso por uma semana e veja como você se sente.


O hábito de escrever diariamente traz diversos benefícios. O mais incrível é que eles não estão necessariamente ligados ao que você escreve, e sim ao fato de você criar o hábito.

Vamos a eles. Quais são os benefícios que você ganha quando passa a escrever todo dia?


slider-kids-judo

1 – TREINAR SUA DISCIPLINA

Quando eu era criança, o melhor que fiz quanto à minha disciplina foi praticar judô por um ano, e depois vôlei. Mas confesso que não me dediquei realmente a ser o melhor. Agora olhando pra trás, vejo que eu não levava muito a sério. Com o tempo, percebi como as coisas teriam sido um pouco mais fáceis se eu tivesse treinado mais minha disciplina desde pequeno. Acabei aprendendo da pior maneira: na dor.

Quando você se acostuma a escrever um pouco todos os dias, nem que sejam algumas linhas, você aos poucos vai se tornando uma pessoa mais disciplinada, porque vê os resultados a médio e longo prazo.

Só tome cuidado com as expectativas, pra não querer desistir logo. Construir a disciplina necessária pra se manter em pé, mesmo em tempestades, leva tempo e requer dedicação, paciência e persistência.

 

foco

2 – AFIAR SEU FOCO

Digamos que você já saiba qual seu principal foco na vida, pessoal e/ou profissional. Se você não escreve sobre ele, talvez as ideias fiquem vagando pela sua mente, pelos arquivos no seu computador, pelas conversas e nada acontece (ou leva mais tempo do que o necessário pras coisas acontecerem).

A partir do momento que você se acostuma a escrever todos os dias sobre seu foco, ou sobre assuntos relacionados a ele, os pensamentos se revelam e vão para uma estrutura que faz você raciocinar melhor.

É como se você se compreendesse melhor depois que lê o que escreveu, como dizia a escritora americana Flannery O’Connor (“I write because I don’t know what I think until I read what I say” – “Eu escrevo porque não sei o que penso até ler o que eu disse“).

 

3 – ESTIMULAR HÁBITOS PRODUTIVOS

Quando você passa a escrever um pouco todos os dias, você usa o seu cérebro de uma maneira fora do comum. Começa a sair da zona de conforto, porque se disciplina a exercitar os pensamentos.

Alguns estudos vão além: escrever à mão melhora sua atividade cognitiva e te torna até mais inteligente. “Os benefícios do desenvolvimento cerebral são similares aos que você tem quando aprende a tocar um instrumento musical. Nem todo mundo pode pagar por aulas de música, mas todo mundo tem papel e caneta“. Consequentemente você aumenta seu nível de autoconhecimento, e começa novos hábitos que te fazem bem – e isso varia de pessoa pra pessoa.

No meu caso, escrever fez com que eu aprimorasse meus hábitos de leitura, me fez aprender mais, e assim cuidar melhor da saúde, praticar atividades físicas, e me afastar do que me fazia mal antes. Um hábito estimula o outro.

 

4 – ADQUIRIR E REPASSAR CONHECIMENTO

Se seu foco é ou não é desenvolvimento pessoal, se sua praia é ficção ou não ficção, não faz diferença: de alguma forma você aprendeu alguma habilidade. Teve acesso a livros que você escolheu ler, cursos que você selecionou, enfim, você adquiriu ensinamentos.

Acredito muito que estamos no mundo para compartilhar, e isso inclui o conhecimento. É um grande prazer pra mim, me traz muita alegria e realização, saber que você está lendo aqui esse texto e aprendendo, quem sabe, um pouco com ele. Todas as pessoas que ajudei como coach ou através dos meus artigos me trouxeram grande felicidade.

Quando você repassa para outras pessoas o conhecimento que aprendeu, e vê como isso faz diferença, certamente aprende novas e ainda maiores lições, e aumenta seu nível de autoconhecimento.

 

5 – CRIAR OPORTUNIDADES PROFISSIONAIS

Quem sabe o que pode acontecer na sua vida profissional se você estiver disposto a escrever todos os dias? Fazendo isso, você abre portas só por ter colocado parte do seu raciocínio no papel.

No meu caso, novas oportunidades profissionais surgiram a partir do meu primeiro blog. Essa é uma das melhores ferramentas para demonstrar o que você escreve pras pessoas, e publicar artigos periódicos. Você pode escolher seus melhores textos, ou trabalhar durante alguns dias em um bom artigo, e mostrar no seu blog, pras pessoas conhecerem o que você faz.

Assim que abri espaço pra minha carreira como coach começar, paralela a que eu já tinha como programador de computador, as oportunidades começaram a surgir. Mais tarde percebi que eu tinha me tornado um palestrante e escritor de 4 e-books. Tudo a partir da vontade que eu tive de mostrar pros amigos aquele texto que eu escrevi no último dia de 2013, publicando num blog simples e gratuito no dia seguinte, e exercitando o hábito periódico da escrita nas semanas que se seguiram.

 

social-media1

6 – ESTABELECER UMA PLATAFORMA PARA SUA VOZ

Ter um blog é uma das formas de se ter uma plataforma pra sua voz, nesse mundo hoje em que um tenta falar mais alto do que o outro – apesar de não ser o volume que importa, e sim com quem você fala. Outras plataformas para sua voz são e-books, vídeos, podcasts… E todas essas mídias precisam de alguém que escreva seu conteúdo antes.

Ao se posicionar devidamente e falar com as pessoas certas, que estão esperando que você as lidere e traga uma solução, você garante a sua plataforma, sem depender apenas das mídias sociais que, no dia em que saírem do ar ou derem algum outro problema, levam o seu conteúdo junto. A sua plataforma é só sua, e de mais ninguém, até o dia em que você não quiser mais.

Além disso, ter uma plataforma para sua voz cria a oportunidade de você ter seu próprio negócio, ao empreender através de um blog, criando cursos ou vender seus e-books, por exemplo.

 

nivel-do-vocabulario

7 – MELHORAR SEU VOCABULÁRIO E SUA EXPRESSÃO ORAL

Quando você NÃO escreve, é porque um tipo de preguiça te dominou. Às vezes disso nasce uma dificuldade em se comunicar com outras pessoas, seja não sabendo descrever sentimentos ou simplesmente contar algo que aconteceu. Na hora de falar, vem tanta coisa ao mesmo tempo na sua cabeça, de uma forma tão desestruturada, que você não consegue articular direito o que gostaria de dizer. O hábito da escrita periódica treina a sua comunicação e faz você pensar melhor ANTES de falar.

Fora isso, como diz minha amiga escritora Cláudia Mester, “escrever todos os dias faz com que nosso vocabulário aumente, porque precisamos buscar as palavras certas, que encaixem perfeitamente no texto. Isso, consequentemente, nos auxilia na comunicação oral e nos tira daquela saia justa de só usar “tipo assim”, “aquela coisa”, “sabe como é”. Sua fala fica mais elegante e articulada, e chama a atenção positivamente.

 

cliff

8 – SUPORTAR MELHOR AS SITUAÇÕES DIFÍCEIS NA VIDA

Houve um estudo feito com engenheiros que foram demitidos, e que conseguiram um novo emprego mais rapidamente, por terem se engajado em escrever periodicamente. O pesquisador diz que “os que escreveram sobre seus sentimentos por terem perdido o emprego disseram sentir menos raiva e hostilidade contra seu antigo empregador. Disseram também terem bebido menos álcool. Oito meses depois, menos de 19% dos que não escreveram foram readmitidos, comparados com 52% do grupo que praticou a escrita“.

Quando você coloca seus sentimentos numa folha em branco, fica mais fácil lidar com eles – trabalhar uma forma de vencer a dor ao invés de ficar tentando bloqueá-la.

O ideal é não se forçar a escrever num momento difícil – pode até piorar as coisas -, mas se o hábito vem naturalmente, e você sente que escrever pode ser um tipo de válvula de escape, os benefícios são claros.

 

singing-in-the-rain

9 – FINALMENTE ESCREVER AQUELE LIVRO QUE VOCÊ PROMETEU SUA VIDA INTEIRA QUE IRIA ESCREVER

O que mais tem por aí é gente prometendo “um dia ainda vou escrever um livro”. Pra maioria, esse dia nunca vem.

Sabe o porquê? Claro, né? Porque a pessoa não pratica a escrita.

Escrever um livro não é uma corrida de 100 metros, e sim uma maratona. Defina o tema, separe o que vai ser dito em cada capítulo, e comece, aos poucos, dia após dia.

Estabeleça uma meta de escrever duas páginas por dia. Mesmo que não venha “a ideia”, ou que não baixe “a inspiração”. Se você ficar esperando por isso, nunca vai começar.

É cumprindo religiosamente essa simples meta de X páginas por dia, que grandes escritores escrevem mais de um livro por ano (o mestre do suspense Stephen King é famoso por escrever 2.000 palavras por dia). Deixa pra depois pensar em editoras, divulgação, dinheiro, críticas, quantas pessoas vão ler…

Coloque a mão na massa (ou melhor, na caneta ou no teclado do seu computador), e manda ver.

 

Mark Twain

Mark Twain

10 – AVALIAR COMO FOI O DIA, ESCREVENDO ANTES DE DORMIR

Quantas vezes você foi dormir preocupado, triste, chateado, pensando nos problemas que não resolveu naquele dia?

Uma solução interessante pra isso, que funcionou comigo, é escrever num caderno todos os eventos e aprendizados relevantes daquele dia, e também 3 coisas ou pessoas pelas quais você é grato. Dessa maneira, você faz um balanço do que realmente ficou pra resolver no dia seguinte, relembra o que te trouxe algum aprendizado, bom ou ruim, e ainda pode se programar melhor sobre as tarefas a serem realizadas no dia seguinte.

Quanto à gratidão, experimente, se você ainda não fez esse exercício, e depois me fale como foi. Ir pra cama com um sentimento de gratidão no coração alivia a insônia de muitos.

 

escada

11 – SENTIR QUE VOCÊ DEU, A CADA DIA, MAIS UM PASSO NA DIREÇÃO DO SEU OBJETIVO

Esse benefício está relacionado ao de número 10, porque a cada dia que você faz sua auto-avaliação pessoal, se estiver escrevendo mesmo todos os dias (ou periodicamente), vai perceber que está fazendo nascer alguma coisa ali. Um novo trabalho, seu primeiro livro, e-book, blog, ou talvez você esteja usando o hábito da escrita como um diário, contando sobre sua rotina, como você se sentiu, o que aprendeu, e o que vai fazer no dia seguinte pra que ele seja ainda melhor.

Existem poucas sensações iguais ou melhores do que a de saber que você está cada vez mais perto de realizar um objetivo que antes parecia impossível. É com um passo de cada vez, algumas linhas por dia, que você vai atingir o que antes você via como inalcançável.

Você pode se surpreender com o resultado, mesmo que hoje ainda não tenha um grande objetivo claro em mente. Quando você se compromete com o hábito de escrever periodicamente, o inesperado acontece e pode te trazer grandes alegrias e surpresas.

E o que é VIVER, sem alegrias nem surpresas? :)


Depois de ler esses benefícios, você acha que vale a pena tentar escrever um pouco todos os dias?

E se você não tem todos os dias disponíveis pra escrever, que tal algumas vezes na semana?

Por que não criar um blog com seus artigos ou começar a escrever seu primeiro e-book?

Tenta começar e estabelecer o hábito diário da escrita, e me conta sua experiência aqui embaixo nos comentários!

Sobre o autor

Marcio Coelho

Membro da Sociedade Latino Americana de Coaching, especialista em realização profissional ligada a uma vida de qualidade, escritor e palestrante. Ajudo você a conhecer a si mesmo através do hábito de escrever, para encontrar o equilíbrio entre realização profissional e vida pessoal.

14 Comentários

Deixe um comentário
  • Excelente artigo, Márcio. Obrigada por compartilhar.
    Eu AMO escrever. Escrevo sempre, escrevo tudo, mas não sabia de tantos benefícios. Escrevo pq me relaxa.
    Semana passada tava pensando em começar a compartilhar algumas anotações com o mundo. Esse artigo me animou ainda mais!
    Gratidão!

    • Eu que te agradeço pelo comentário, Nanda! Muito bom pra mim saber que os benefícios listados encontraram eco em pessoas como você! Como eu te disse lá no Face, partilha sim suas ideias com o mundo, que certamente tem gente querendo conhecê-las! :) Um abraço!

  • Olá Marcio,

    Nos meus primeiros anos de estudo as professoras faziam a gente escrever, e não era pouco; até mesmo para uma avaliação tínhamos que escrever o cabeçalho e as questões. Vejo que isso se perdeu um pouco ao longo do tempo, com a facilidade das impressões e já sabemos qual é o resultado.

    Ter o hábito de escrever ajuda a organizar as ideias e nos faz expandir os horizontes. Precisamos que isso seja difundido mais e com certeza este artigo será uma ótima contribuição.

    Parabéns pelo excelente artigo! Forte abraço e sucesso!

    • Concordo 100%, Fabio! Uma das disciplinas que eu mais admirava quando criança era o português. Acho que acabei levando essa paixão pro resto da vida, de alguma forma, e agora sinto que posso ajudar quem precisa, com o que aprendi nesses 41 anos de vida :) obrigado pela ótima contribuição aqui nos comentários! Sucesso pra vc tb, e um abraço!

  • Nossa, muito obrigado por compartilhar essas informações, isso é um aprendizado maravilhoso e me incentivou a começar agora mesmo, foi Deus mesmo que me direcionou a inscrever meu email p receber seu conteúdo.
    Amo escrever, amo as palavras e há muito tempo esse hábito de escrever se perdeu na minha vida.

    Em 2011 quando ainda morava com meu pai, a parede do meu quarto era toda escrita a mão por mim mesma, escrivia citações, frases, versículos e palavras que me inspiraram, muitos amigos quando viam gostavam, falavam poxa Gi que idéia bacana, se vc chegar desanimado já Lê algo e isso muda seu dia….meu irmão na época era pequeno, copiava tudo no caderno dele era muito fofo…

    Amei algumas citações:
    *Quando você coloca seus sentimentos numa folha em branco, fica mais fácil lidar com eles – trabalhar uma forma de vencer a dor ao invés de ficar tentando bloqueá-la.*

    * “Eu escrevo porque não sei o que penso até ler o que eu disse“.*

    Sou do tipo que entendo mais uma coisa, quando eu escrevo e depois leio, do que só apenas ler ou escutar.

    Enfim muito

    Obrigado

  • Gratidão por esse artigo. Tenho um ateliê de costura E estou construindo um site. Nesse site tem um espaço pra eu ter meu blog. Achei ótimo mas fiquei pensando se deveria e o que escrever. Pensei em algo relacionado ao meu trabalho e que possam melhorar a vida das pessoas de alguma forma. E até assuntos que levem as pessoas a pensar. Vou seguir suas dicas e com o tempo compartilhar com outras pessoas. Um abraço.

    • Olá, Magda! Que bom que curtiu o artigo! Ter um site é ótimo pra poder compartilhar suas ideias e ajudar as pessoas através de artigos e etc. Esse caminho que você falou é uma ótima opção :) Coloca aqui o link pra eu visitar. Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2016 - Coelho Coaching